Pave de Club Social com um toque pessoal…

PrintTumblrShare

Olha, começa que eu não sou muito fã de combinar doce com salgado, então se estou colocando a receita é pq vale a pena experimentar e também pq é muito fácil de fazer hehe.

Só cuidado pra não “zicar” o creme pq esse se vc não mexer sem parar ele queima no fundo e fica todo empelotado, dae fica ó… uma droga!

Minha dica pra fazer esse creme que vai no fogo não ficar eca é bater todos os ingredientes no liqüidificador antes de colocar na panela.

Bom, eu peguei a receita desse blog aqui ó true-luv que é da lindona Tamara mas também já sei que a receita é da Palmirinha aquela fofa!

Bom, como sempre eu dei uma adaptada ao estilo Fabiana de ser… vamos lá.

Vou repetir tudo aqui ok?

Ingredientes

1 pacote de Club Social (sabor original)
1 lata de leite condensado
1 xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de maisena
1 colher (sopa) de manteiga
2 gemas peneiradas
1 lata de creme de leite
Essência de baunilha a gosto

Dae como eu disse, pro creme não grudar e empelotar eu coloco o leite condensado, maisena, leite e as gemas no liqüidificador e bato. Depois coloco tudo na panela, acrescento a manteiga e em fogo baixo deixo engrossar, sempre mexendo… o treco é tinhoso, é rápido não tirem o olho!

Depois que ficar pronto e lindo, acrescente a lata de creme de leite, a baunilha e mexa. Fora do fogo já.

Para montar o pave, voce vai intercalando, camadas de bolacha com camadas de creme sendo que a primeira e a ultima devem ser de creme…

ENTAO… na receita da minha amiga Tamara, a cobertura é de chantilly mas como eu não tinha chantilly em casa eu aproveitei as duas claras que tinham sobrado e bati na batedeira até elas ficarem em ponto de neve, acrescentei uma xícara de açucar de confeiteiro e tornei a bater. Coloquei suco de meio limão, bati mais um pouco.

Coloquei por cima de tudo e acrescentei umas raspinhas do limão só pra enfeitar e tchanam!

image

Espero que gostem

Bom apetite!

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Fotos newborn… mas com latis

PrintTumblrShare

Eu sempre vejo aquelas fotos de gosto duvidoso, dos recém nascidos sabe? Aquelas de newborn?

Sinceramente eu acho bem legal mas não sei se sujeitaria um filho meu a isso.

Bom, opiniões a parte, algumas fotos arrasam na criatividade né? Tanto que tenho um álbum no pinterest totalmente dedicado a essas fotos… e fico babando nos detalhes.

Dae que não tenho mais bebes em casa, mas tenho bonecas que parecem bebes então me aproveitei de algumas ideias que tinha lá no meu álbum, no caso essas aqui ó:

image

e fiz um ensaio de algumas poucas fotos ao estilo newborn com as minhas latis.

Espero que voces gostem pq eu adorei armar todo o circo e fotografa-las, aqui estão:

image

image

image

image

image

image

Beijinhos bonequeiros,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , ,
Publicado em Diário de Boneca

Palha italiana

PrintTumblrShare

imageTem coisa melhor que brigadeiro? E brigadeiro com mais alguma coisa? Então, palha italiana nada mais é que um brigadeiro com bolacha maizena triturada… ai gente não tem como não adorar!

Eu adorei pq elas ficaram crocantes e eu cortei com o cortador de estrelinhas então além disso ficaram bonitas para serem servidas para as visitas!

O melhor dessa receita é que até quem não sabe cozinhar consegue fazer e fica pronta rápido, da pra comer logo não precisa nem esperar esfriar…

Ingredientes

1 lata de leite condensado

8 colheres de chocolate em pó

1/2 colher de sopa de margarina

1 pacote de bolacha maisena

Preparo

Pique o biscoito em pedaços pequenos com a mão mesmo e reserve

Com o leite condensado, margarina e o chocolate faça um brigadeiro

Assim que o brigadeiro começar a soltar do fundo da panela misture o biscoito picado ate formar uma massa

Retire do fogo

Unte uma bancada ou superfície lisa com margarina e despeja a massa

Abra com as mãos espalhando com os dedos ate ficar fina o quanto vc achar razoável para cortar

Deixe esfriar e corte em quadrados ou use um cortador de biscoitos

Polvilhe açucar de confeiteiro por cima se quiser

Bom apetite

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Parcelas de alegria

PrintTumblrShare

http://the-suit-man.tumblr.com/post/75784101881/suits-men-mens-fashion

“eu não gosto de gente que parece feliz o tempo todo”

Ninguem é feliz o tempo todo mas eu gostaria realmente de entender pq a felicidade incomoda tanto as pessoas.

Será que pq para parecer um ser humano mais culto, inteligente e evoluído voce tem que ser miseravelmente infeliz provando assim que o mundo louco a que pertence e todas as maldades e o caos instalados nele te abalam a tal ponto que vc, um sujeito superior não consegue viver com um pingo de alegria?

Será que é sinal de inteligência não ser feliz?

Ou ainda será que nos sentimos culpados pq tem tanta gente triste e sofrendo no mundo e aí a gente com nossa velha educação católica, cristã temos que sempre nos compadecer da dor do outro e assim viver numa ode a tristeza?

Eu discordo. O que a tristeza, o mau humor atraem? Tudo que está ao nosso redor gera uma energia, uma vibração, que tipo de vibração uma pessoa sempre amarga e pessimista em relação a vida tem pra oferecer? Penso que não atrai coisa “boa” não atrai amigos, não atrai amor, não atrai dinheiro ou aventuras, não atrai sequer compaixão.

Dar risada atrai… atrai tanto que atrai ate inveja, raiva e ira.

Pq a felicidade alheia atrai tanto ódio?

Pq ser feliz incomoda.

Incomoda pq dá trabalho, não é uma tarefa para os tolos, os derrotados, os acomodados. Pq ser feliz exige muito mais do que ser triste. Correr atrás dessa tal felicidade dá muito mais trabalho do que apenas se resignar, lamentar e subir num pedestal de pedantismo julgando tolos os que a procuram.

Eu quero minha parcela de felicidade mesmo que ela venha aos poucos, em doses homeopáticas, de formas diversas… não tenho culpa católica, não me sinto mal em sorrir. Eu não mordi aquela maldita maçã, não tenho que pagar os pecados do mundo.

Temos sim que ter respeito pelos que padecem, adoecem, sofrem, passam fome, frio, necessidade, mas mais do que nos entristecer por eles temos que ajudar. De alguma forma e não entendo bem pq, gostaria de um dia entender, um sorriso abre portas, cura enfermidades, gente alegre agrega, cola, junta.

Gente de bem com a vida não enche o saco, não reclama, aproveita! Aproveita o dia, o tempo, o momento, as pessoas!

Eu sou uma reclamona, eu sou sim, eu reclamo do tempo, do transito, das pessoas, de filas, de fazer supermercado… mas eu sei sorrir para o lado bom da vida, sei rir, rir de mim, dos outros de tudo um pouco e ai de quem me considera uma tola por isso.

Sou, sou tola eu posso me julgar, pq ainda acredito que a vida é uma dádiva e que ao sorrirmos pra ela, ela um dia há de nos sorrir de volta!

Beijos

Fabi

Publicado em Um pouco de tudo

Os Naturais…

PrintTumblrShare

http://thefrogandthelionfairy.tumblr.com

É dificil conviver com eles.

Pra eles é fácil ser por exemplo talentoso… fazer um desenho sai naturalmente enquanto outros estudam anos para ser razoáveis.

Dançar, tem gente que dança como se estivesse respirando… voce olha aquela pessoa e diz, “nossa, dança desde que era um feto, certeza” e aparentemente feliz e saltitante aquilo não exige muito esforço.

Tem gente que é assim, belo ao natural, acorda bonito, não precisa se arrumar, até descabelado fica lindo, meu namorado é assim, juro, dá raiva! rs

Tem aqueles que são naturalmente engraçados, populares, divertidos.

Outro dia eu tava comentando com uma colega de ballet sobre isso… temos uma colega em comum que tem tudo perfeito, ela é loira, de cabelo liso, o nariz pequeno e arrebitado, magra na medida, linda, simpática, a sobrancelha desenhada, o sorriso angelical, parece uma deusa, um corpo simplesmente desbundante depois de quatro, quatro! filhos… quando eu soube disso fiquei passada e além disso é simpática e dança bem. Eu fico olhando pra ela como quem olha pra uma fada pois é impossível não se encantar com tanta beleza e graça sabe? Então, a pessoa não precisa de esforço, ela é assim! Eu e essa amiga ficamos olhando com a cabeça ate pendendo pro lado sabe? Como quem olha pra um filhote de panda? Muito amor numa so pessoa!

Quando penso que levanto cedo pra ficar com a cara minimamente decente, faço mil coisas no cabelo, nem tento ser engraçada, danço mediocremente percebo que isso não é natural em mim. Em compensação eu sou boa mãe, isso é natural, cozinho intuitivamente, sou falante (até demais) e isso de certa forma faz as pessoas ficarem em volta… isso faz parte de mim, é um jeito de agir naturalmente.

Então eu vejo que não adianta, que pra gente se encontrar na vida não tem como forçar algo que não somos.

Podemos e devemos nos dedicar a aprender o que pudermos e tentar o melhor para ser muito bons em tudo que fazemos, fazer com amor e dedicação, mas tem algumas coisas que são naturais e outras não!

Não adianta sofrer pq vc não é a popular ou não é a mais engraçada, nem pq seu cabelo não é o mais liso ou seu corpo o mais esbelto. Temos que aprender a explorar nossos pontos fortes naturais e conviver pacificamente com nossos pontos fracos. Não, não estou sugerindo acomodação, estou sugerindo que voce tenha um pouco de piedade consigo mesmo. Um pouco de paciência. Tente sempre o seu melhor respeitando o que é natural em voce.

Penso que naturalmente sem forçar cada um deve aprender a traçar seu próprio caminho para a realização pessoal, que não tem nada a ver com agradar o outro mas somente a si mesmo.

Beijo

Fabi

PS: mesmo não tendo o melhor cabelo eu uso megahair, mesmo não sendo linda eu acordo cedo e me arrumo, faço unha e sobrancelha, passo batom. Mesmo não sendo a melhor bailarina eu me dedico. Não se trata de desistir ou se resignar, se trata de aceitar que vc é melhor em algumas coisas que em outras.

Marcado com: , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

6×6 Setembro

PrintTumblrShare

Mês de setembro sempre rola aquele amo/odeio da minha parte pq eu odeio ficar mais velha morro de timidez de comemorar aniversario mas adoro comer bolo e ganhar presente.

Porém esse setembro teve um gosto especial, foi o mês de um encontro de bonequeiras, coisa que eu não fazia a muito tempo, que perdi o jeito mas não perdi o gosto e por isso lá fui eu, rever amigas queridas e conhecer pessoalmente novas e velhas conhecidas da internet. Algumas queridas com quem ja falo tem muitos anos mas só tive a chance de conhecer pessoalmente graças ao fatídico encontro. Nada mais justo do que postar algumas fotos dele não é mesmo?

image

image

image

No Facebook tem muito mais.

Dae que meu mozão Nico me deu o presente mais fofo de todos os tempos, (pra variar pq ele arrasa no quesito presentes que abalam Paris) no dia do meu aniversario, um bebê, que recebeu o nome de Dexter e já virou o xodó da casa. Olha ele aí

image

Também como não podia deixar de ser, meus filhos lindos me surpreenderam com flores maravilhosas, exuberantes, grandes e um cartão que me deixou com lágrimas nos olhos, aqui ó

image

Portanto deixei o mimimi sobre a velhice de lado e curti muito meus presentes.

Ah! Só pra não perder o hábito, a culinária anda de vento em popa, cada dia uma receita diferente. Aprimorando, experimentando, criando e me divertindo. Uma hora chego lá.

image

Até mês que vem,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Mousse de Alpino

PrintTumblrShare

Se tem uma coisa que eu adoro é receita fácil, dessas que voce mistura poucos ingredientes e voilá, em pouco tempo tem uma sobremesa ou prato deliciosos… então essas eu faço questão de dividir.

Essa mousse é de Alpino mas poderia ser de qualquer outro chocolate, desde que de pra derreter ok?

Derreta uma barra de chocolate Alpino (150 grs) picada, com 1/2 lata de creme de leite sem o soro.

Coloque no microondas em potencia máxima e a cada 30 segundos voce mexe um pouco e volta para o microondas ate derreter por completo.

Feito isso vc deixa a mistura esfriar ate ficar em temperatura ambiente.

Bata 3 claras em neve, bem firmes e misture com o chocolate derretido + o creme de leite.

Misture fazendo movimentos circulares de baixo pra cima, sem agitar demais.

Deixe na geladeira até gelar bem.

Eu raspei um pouco de chocolate amargo por cima.

Rende 6 porções como as da minha foto.

image

Bom Apetite

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Considerações sobre o PJ Clarke’s e mais…

PrintTumblrShare

imageExiste essa coisa que o paulistano cultua que são esses restaurantes com nomes americanos, decoração bacaninha e música cult que me irrita um pouco pq supervaloriza só esses detalhes e esquece do principal, a comida.

O PJ Clarkes do almoço de domingo tava assim, família classe média alta paulistana com suas babás e crianças dando mais atenção pro ambiente do que pra comida… Pedindo hamburguer bem passado, heresia.

Outra coisa que me deixa desgraçada da cabeça é a falta de sabor do hambúrguer. Qualquer bodega americana faz um hamburguer melhor do que muitos famosinhos daqui. São 200 e tantos gramas de carne com gosto de nada. Nao entendo! Nao sou nenhuma especialista nesse bagulho de comida mas gosto de carne, e muito, gosto de comer bem, mas nao importa o lugar e sim a comida mesmo e ela tem que ser boa, tem q me fazer lembrar do gosto e querer de novo!

Não foi o caso mas não somente hoje e sim em algumas ocasiões. Não morri de amores também pelo Buddies, a entrada tava de matar de salgada (zucchini fries).

Enfim, nao entendo como um país que faz o melhor churrasco consegue fazer hamburguer sem graça.

Olha nao vou mentir, o hambúrguer de hoje veio no ponto, rosadinho, suculento, mas saboroso? Nao. Normal.

Ah e mais, me recuso a comer hamburguer no prato, então donos de hamburguerias, montem o hamburguer quem quiser que peça no prato! Tive que ficar colocando minha cebola dentro do pão pq veio fora, dobrando minha alface com a mão, a por favor ne? Paguei 35 pilas num hamburguer! Trabalhem nele!

Não adianta, meu voto de melhor hamburguer com melhor pão, melhor batata frita e que eu sempre penso “será q ele tá pensando em mim o mesmo tanto que eu penso nele, saudades” é o de cordeiro do Madero. O Sr Durski sim soube usar seus dotes de churrasqueiro e aplicou ao hamburguer, tiro meu chapéu de vaqueira.

Fica a dica,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , ,
Publicado em Fabilandia por Aí...

O que aqui se faz, aqui se deixa… de legado.

PrintTumblrShare

Eu sempre digo pros meus filhos que ninguém tem o direito de dizer a eles que eles não podem fazer alguma coisa ou que são péssimos em algo antes de deixa-los tentar e mesmo depois são poucas as pessoas que tem esse direito de julgar.

SOMOS TODOS LIVRES! Que essa liberdade seja usada pra gente fazer coisas que construam. Nosso caráter, amizades, amor, experiências de vida, ensinamentos, lições… sempre vai construir alguma coisa.

Foi pensando assim que investi em muitas das coisas que aprendi ao longo da vida, algumas eu mesma desisti, outras eu fui ate o fim, outras percebi antes mesmo de embarcar na “viagem” que aquilo não era pra mim… mas nunca, nunca me deixei intimidar por circunstancias externas que não me diziam respeito…

Tem aquela famosa frase que diz “o que vc acha de mim é problema seu” ou algo assim. É bem isso que sempre pensei.

Nessas eu fiz datilografia, computação, instrumentação cirúrgica (que aliás abandonei pq tive medo de ficar doente), me formei na faculdade da qual me arrependo mas me formei, fiz aula de inglês, até o fim, fiz aula de turco, aula de sapateado, aula de dança do ventre, aula de jazz, aula de todas as danças, até a finada (grazadeus) lambada eu dancei…

Nessas eu aprendi a costurar depois que minha mãe faleceu e não foi ela que me ensinou, aprendi a bordar nó francês, rococó, ponto cruz, etc. Aprendi tricô e desisti do crochê antes mesmo de tentar.

Foi assim que fiz aula de scrapbook e montei os álbuns de aniversario dos meus meninos, foi assim que aprendi a fazer arranjos de flores e cuidar do jardim.

Assim também descobri que sei e posso cozinhar divinamente, posso ter um blog, assim também aprendi a tirar fotos.

Sem deixar que dissessem que não, importei e colecionei bonecas da China, as vesti com roupas feitas por mim e fotografei. Também as apresentei a um monte de gente de quem depois fiquei amiga. Assim aprendi sobre elas e tinha uma época em que eu sabia muito do assunto.

E é e vai ser assim agora com o ballet… nada nem ninguém vai me impedir de dançar até quando eu quiser e achar confortável, divertido, prazeroso, chic e tudo mais que eu quiser achar. Vai ser assim até que alguém me proíba mas pra isso tem que ter um motivo muito bom pois nem minha arritmia cardíaca e meus 39 anos me tiraram da aulas. Eu vou TODOS os dias, não falto, não atraso e não faço corpo mole. Acabo a semana exausta mas recompensada e enquanto eu me sentir assim eu não abandono mesmo que todas as pessoas torçam contra.

Eu sou uma mulher bem teimosa e tinhosa como dizia minha mãe e mais umas ae da família e no fundo, elas tem toda razão. Isso pode ser bom e pode ser ruim. Em parte é bem ruim pra quem me detesta.

Olha, sou da opinião que NADA do que a gente aprende ou faz na vida é em vão. Nada é inútil, nada é jogar tempo fora… Só o que se leva da vida são as experiências que vivemos ao longo dela e o que deixamos disso para os nossos, nosso legado.

Usando um meme da internet, esse post com certeza vai estragar o dia das inimiga!

Beijo

Fabi

Marcado com: , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Mousse de Danoninho Caseiro – minha versão

PrintTumblrShare

Tem receita de danoninho caseiro por ae aos montes não é mesmo?

Eu peguei uma qualquer e resolvi fazer umas adaptações do meu jeitinho, como ficou excelente resolvi dividir com voces.

BATA NO LIQUIDIFICADOR

2 latas creme de leite (eu tirei o soro e usei o light)

1/2 lata de leite condensado

1 pote de iogurte grego (mas daquele de beber estilo bliss, do sabor tradicional)

1 pacote de suco em pó de morango (usei o Clight pra ficar mais leve)

Leve para gelar se quiser mousse ou para congelar se quiser sorvete.

As crianças adoraram o sorvete, coloquei paçoca junto e eles comeram muito. Eu preferi a versão mousse.

Detalhe, se deixar bater bastante no liqüidificador, tipo uns 10 minutos, a mousse fica mais aerada, uma delicia!

Experimentem!

image

Beijos

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Translation?

receba o Blog!

Receba Fabilandia por email!

Ou assine via RSS!

Donate

Fabi no Twitter

Fabi no Flickr


Fabi no Tumblr


Fabi no Pinterest