16 lojas online que vão deixar seu armário de dançar e malhar muito mais fashion

PrintTumblrShare

imageEu sou apaixonada por moda, sempre fui. Não sei até hoje se tenho bom gosto mas pouco dinheiro, se tenho pouco gosto, se tenho gosto sobrando, enfim… só sei que uma roupa diferente, moderna, cheia de estilo SEMPRE me chama atenção.

Claro que isso não seria diferente no mundo da dança né?

Desde que comecei a fazer ballet, voltei pro sapateado e dança do ventre estou sempre procurando algo que faça meus olhos brilharem. Tanto pra vestir quanto pra calçar.

Então numa busca frenética passei muito tempo e gastei algum dinheiro nas lojas online atras do collant perfeito, do macacão que deixa o corpo bonito, do vestido de malhar mas que dá pra usar dançando ballet. Sempre procurando o que mais ninguém usa, ninguém tem ou simplesmente fugindo do lugar comum e cá pra nós nada melhor que o GOOGLE pra ajudar nessa busca.

Como sou uma pessoa MUITO altruísta, fiz uma lista dos lugares mais legais para encontrar “aquela” roupa na hora de se exercitar.

Espero que gostem:

Para malhar, sapatear são bodies, macacões, saias e leggings de babar:

Fit Moda

Garota Fit

Vestida para Malhar

Santa Roupa

Shop CCM

Dani Banani

La Bella Mafia

Para o ballet, sapateado também, aulas de dança em geral são roupas de lã, aquecimento, collants, saias, sapatilhas, meias…image

Ballare (as melhores perneiras e polainas)

Net Dança

Loja ZB

Danzarin

Forma e Dança Material  (tem linha luxo da Capezio)

2Peace2Dance

Cia Maritima (bodies)

Emporio NA

e em breve pelo que fiquei sabendo daqui 30 dias a

Balletto

Divirta-se e beijos dançantes,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Tchau cadarço!

PrintTumblrShare

Ai que saco esse cadarço, o que eu faço com ele?

Tiro? Coloco pra dentro? Deixo desamarrado? Paro no meio da rua e abaixo pra amarrar?

Nãooooo! Não mais! Graças a dois designers argentinos, os Hickies eliminam os cadarços da nossa vida e ao mesmo tempo deixam nossos tênis super legais!

Fora que por ser de um material de borracha super resistente facilita na hora de calçar e descalçar os tenis… além disso tem uma infinidade de cores pra gente brincar de ser feliz colorindo os sapatos!

Acho que pra quem corre e pratica esporte é uma benção, elimina até o risco de por exemplo tomar um tombo! Ou parar no meio de uma aula pra amarrar os tênis.

OLHEM!

redondos+parados

Super simples de encaixar

image

Aiiii, fica tão legal!!! Eu quero!

image

Fica a dica,

Fabi

 

Marcado com: , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Coloque uma listrada na lista…

PrintTumblrShare

imageDesde os tempos do Popeye que coces conhecem bem, que o estilo navy ou marinheiro está na moda.

As mães sempre arrumam uma roupinha de marinheiro pra envergonhar seus filhos na posteridade, não foi o meu caso mas que eu tenho um GRANDE amor pelas listras, que em muito compõem o estilo navy, isso não posso negar!

Quem não gosta de listras não sabe usá-las, é bem verdade.

Para voces, meninos, elas ficam lindas em camisetas e agasalhos, combinados com jeans, com bermuda cáqui, com short de correr, com calça de moletom e mais um monte de combinação! E fica SEMPRE um charme.

Voce já tem uma camiseta listrada?

Se não tem devia ter. TODAS as lojas legais tem camisetas assim, da pra escolher como quiser, de que cor quiser, manga curta ou comprida, pro verão fica uma delicia e pro inverno também e vamos combinar, nada melhor e mais confortável do que camiseta né? Só que se ela for bonitona voce pode tanto ficar em casa quanto sair por aí.

Olha:

image

Beijos da mamåe

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Easter Eggs no Armário...

6×6 Agosto

PrintTumblrShare

Agosto foi um mes de ambiguidades… cheio de exercícios físicos e culinárias engordativas.

Deixo as fotos mostrarem o que eu quero dizer:

1) Descobri uma tremenda habilidade com massas, massa de torta, cookies, muffins… a turma aqui em casa agradece!

image

2) Daí que pra não engordar feito uma porca eu fiz um pouco de ballet. Estou viciada em procurar collants super diferentes do convencional

image

3) Também dei bolachas decoradas de presente, tudo feito em casa, desde a massa até o pacote

image

4) E mandei muffins de frutas vermelhas frescas para o Mozão, que as adora

image

5) Mas também saí pra comer fora e essa belezura ae foi meu filho que tomou, no General Prime Burger

image

 6) Mas como nem só de comida vive o ser humano, eu brinquei um pouco de boneca, com as roupas novas que encomendei com a Ju Polatti, lindas!

image

Nada como um pouco de rotina porém com amor e fofurices para fazer um mês chato como agosto, ficar gostosinho e aconchegante!

Beijos

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Que venham os 39!

PrintTumblrShare

imageSetembro chegou e com ele as flores, a primavera, o meu inferno astral e consequentemente o meu aniversario.

Calma, ta longe ainda, mas como os que me conhecem sabem, eu sofro por antecedência… detesto fazer aniversario. Envelhecer me aflige, queria ficar pra semente.

O que muitos não sabem é que apesar de odiar meu aniversario eu adoro escrever sobre ele, sobre mim… o que vou fazer agora, um apanhadão vai, o que eu sou, não sou, algumas peculiaridades, desses meus 30 e poucos anos.

Vamolá:

Nunca fui boa em química e física, mas em compensação sou ótima negociante, graças ao sangue árabe correndo nas veias

Nunca fui a Paris, mas me recuso a morrer sem conhecer Paris! Irei a Paris, nem que seja mendigando.

Nunca comi ostra, scargot e outras coisas com essa consistência gelatinosa portanto não, não gosto de pudim nem de gelatina.

Nunca fui pedida em casamento. Ja casei… e descasei, ahá, garanto que essa tinha um monte de gente que não sabia! rs

Tenho medo de altura portanto nunca saltarei de paraquedas ou bungeejump, por dinheiro nenhum do mundo.

Nunca atirei, mas morro de vontade, não em alguém, claro, mentira as vezes tenho vontade de matar um maldito sabiá que me acorda todo dia as 3 da manhã, mas essa é outra história.

Nunca fui boazinha, eu só pareço boazinha nos primeiros 5 minutos mas eu não sou boazinha… como dizem sou um “demonho”

Tenho orgulho de ser canhota e de ter orelhas minúsculas, já não posso dizer o mesmo do nariz, fuennnn.

Nunca acampei. Não sei assobiar, nem arrotar, isso me deprime.

Gostaria de ser mais alta, mais magra, mais peituda, mais rica, mais inteligente, mais paciente, mais tranquila… quem nunca?

Quero envelhecer menos ansiosa, menos chorona, menos falante, menos briguenta, menos tinhosa e muito, muito mais generosa.

Queria aprender a ser boa, mas não no sentido de boazuda, ahahaha, no sentido de boa pessoa, pq acredito mesmo que todos temos nossas partes de bondade e de trevas mas gostaria de ser aquela coisa boa mesmo, de praticar o bem sem olhar a quem, de enxergar com otimismo, de não me importar com pequenas mazelas, com fofocas, com intrigas, de me preocupar somente em cuidar de mim e dos meus, de forma amorosa, calma e tranquila… isso NUNCA vai acontecer a não ser que eu caia no banho, bata a cabeça e mude completamente de personalidade… mas talvez querendo muito e querer é poder…

Queria poder comer e não engordar. Engordo só com a menção da palavra nutella, hummm.

Serei boa cozinheira? ISSO eu tenho absoluta certeza!

Boa avó? A melhor!

Boa sogra? NUNCA, só por cima do meu cadáver!

O que eu sei é que, chegando aos 39 eu me sinto ainda com 20, não no corpinho, mas na alma. Serei eternamente criançona do tipo que canta alto no carro, que dá gargalhadas fora de hora, que pula no colo dos filhos, que brinca de maneira quase irresponsável com as crianças… não, não consigo ser sisuda e séria e por isso talvez eu esteja emplacando nessa idade com a disposição de quem está começando uma aventura na vida…

Que venham as velinhas!

Marcado com: , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Biscuits americanos – receitinha delicia!

PrintTumblrShare

Gente! Consegui…

Sempre ficava me lembrando dos sanduiches de café da manhã feitos com aquele pãozinho amanteigado que derretia na boca que eu sempre comia quando viajava para os Estados Unidos.

Nunca encontrei por aqui.

Dae que nas minhas aventuras culinárias eu consegui encontrar algumas receitas, escolhi uma, misturei com outra, adaptei e voilá!

Ficou uma delícia.

Essa eu faço questão de dividir mesmo sabendo que não terei capacidade de manter mais um blog, de comidas, funcionando.

image

BISCUITS OU SCONES

INGREDIENTES:

1 xicara de farinha de trigo

1/4 de colher de chá de sal

2 colheres de chá de fermento em pó Royal

2 colheres de sopa de manteiga bem gelada

1/2 xicara de leite gelado (vamos fazer leitelho com ele antes de usar, ta ali nas observações)

Antes de começar coloque a manteiga (de preferencia manteiga mesmo, de boa qualidade, pra gelar) e também faça o buttermilk, que aqui não temos, que seria o leitelho… sei lá é o ingrediente lá deles mas enfim, vou ensinar a fazer.

OBSERVAÇAO: Coloque na 1/2 xicara do leite gelado, 1/2 colher de sopa de suco de limão ou então a mesma quantidade de vinagre branco, mexa e deixa por meia hora na geladeira… depois vc vai usar normalmente na receita.

MODO DE FAZER:

Preaqueça o forno a 220 graus.

Misture os ingredientes secos com uma colher. Junte a manteiga cortada em cubinhos pequenos e vá pinçando com a ponta dos dedos até que vc tenha um aspecto de farofa grossa, ainda com os pedaços de manteiga aparentes.

Junte o leitelho e mexa com uma espátula, sem trabalhar muito a massa. Se necessário acrescente mais leite até que fique tudo agregado. De novo, não trabalhe demais a massa.

A mesma vai ficar grudenta, passe-a para uma bancada enfarinhada e polvilhe farinha também por cima da massa.

Abra com as mãos deixando os pedacinhos de manteiga ainda aparentes. A massa tem que ficar aberta com mais ou menos 1 1/2 cm e dae é só usar a boca de um copo, enfarinhado também, para cortar os pãezinhos redondos.

Arrume um tabuleiro forrado com papel manteiga culinário ou untado com manteiga. Leve ao forno por aproximadamente 10 minutos ou ate que fiquem levemente corados.

Sirva quente.

OBSERVAÇAO 2: pode polvilhar parmesão por cima.

image

Bom apetite,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

A verdade por trás dos pliês

PrintTumblrShare

Quando eu fui procurar o tal “ballet depois dos 30″ só encontrei posts falando sobre as vantagens, a empolgação das mulheres que retornaram ou começaram essa atividade etc, etc.

Bom, já estou caminhando para o segundo mês das aulas do bom e velho clássico e posso dar meu parecer um pouco mais critico sobre o assunto, passada a fase do encantamento que algo novo traz pra nossa vida.

Eu sempre soube, pois vivi uma vida de bailarina querendo ser profissional, as auguras das meninas e meninos que participam dessa atividade cheia de pompa e circunstancia, cheia de quebra de obstáculos e desafios e também carregada de uma disciplina sobre humana.

Talvez por isso mesmo, as pessoas que vivem essa vida do ballet se considerem seres a parte dos demais, pertencentes a uma “casta”… é assim, sempre foi assim.

O que mais me deixou impressionada foi descobrir que mesmo depois dos 30, as mulheres não viraram profissionais do negocio, mas se acham parte sim da tal “casta”.

Eu não esperava, cheguei ao ballet dos iniciantes disposta a ocupar mente, corpo e alma, me divertir, praticar uma atividade física e de novo ME DIVERTIR… por isso comecei com meus collants exuberantes e coloridos, meus penteados malucos etc e tal.

Gente, não é uma critica a atividade, eu amo o ballet, sempre amei, nem tampouco uma critica ao lugar onde faço aulas que particularmente AMO. Amo o lugar, os professores, amo as aulas não falto nunca. Mas existe a tal “casta”, as pessoas, sempre elas.

Não percebi isso de inicio, não percebi isso na turma de iniciantes logo de cara (depois sim) mas quando fui participar da minha primeira aula na turma das mais avançadas isso é GRITANTE, é sufocante na verdade.

Eu sempre achei que mulheres maduras fossem mais seguras, mesmo as mais tímidas fossem mais dispostas sabe, a curtir a vida, o momento, a atividade sem se preocupar muito com os outros porém não é assim, elas tem medo, de não pertencer a casta, elas não saem da vestimenta convencional de séculos atras, não saem do seu canto na barra, não interagem, sempre sérias e não no sentido de envolvidas mas no sentido de preocupadas como menininhas assustadas que deviam ser aos 7 anos de idade esperando serem aceitas pela atividade talvez mais clássica e querida de todos os tempos.

GENTE, a turma do sapateado é tão mais descontraída, a turma do jazz, enfim… minha professora é uma pessoa fofa e espetacular mas não depende dela entende? é a turma, a casta, a maldita casta que ou voce pertence ou fica de lado.

Talvez eu esteja sendo dura e as pessoas ao lerem isso fiquem incomodadas mas eu acho que como sempre, tenho obrigação de dizer a verdade, ja que decidi ter um blog pra falar sobre o que sinto e como vejo as coisas. Minha opinião não é verdade absoluta, ela pode mudar, essas mulheres podem me dar um cala boca bem dado porém hoje, o que vejo é assim.

Elas observam de cima de seus collants rosinhas (tbm tenho por sinal) e seus coques como se tivessem 5 anos de idade… Menos gente, somos todos adultos ou não? Tem gente melhor, tem gente pior, tem gente mais magra e mais flexível, tem gente que demora mais mesmo… qual o problema em não torcer o nariz como faziam na época da escola????

A maior prova do medo da não aceitação é que praticamente nenhuma se apresenta usando o collant e a meia-calça… ou seja, nenhuma se sente confortável no seu corpo, mesmo sabendo que o intuito lá é justamente melhorá-lo.

Nunca me encaixei muito no ballet, sempre fui bunduda, coxuda, teimosa e talvez até nada “fina e delicada” para tal atividade, mas não desisti antes e não desistirei agora, pertencendo ou não a casta eu sou dona do meu nariz, do meu tempo e de como quero passá-lo.

Se me incomodou? Bom, eu saí no meio da aula não por causa da casta mas pq eu só tenho nível pra fazer mesmo a parte da barra… só que amanhã estarei lá novamente e depois, depois até que participe da aula toda, quantas vezes eu quiser e a professora achar que eu posso.

Beijos,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

6 x 6 julho

PrintTumblrShare

Julho, inverno, mes de férias escolares, crianças em casa, agito, confusão…

1) fomos comer hamburger e tomar milk shake no pote

image

 

2) Cortei o cabelo, ou melhor, voltei a ter franja

image

 

3) voltei pro ballet depois de muitos e muitos anos e confesso que to amando

image

 

4) recebi da Bya Fonseca meu colar com os pingentes “amores de uma vida”, coisa mais linda do mundo

image

 

5) brinquei de boneca, so pra não perder o habito

image

 

6) andei de bicicleta no parque, depois de varios anos… ou seja, foi um mês pra refazer coisas que ha muito eu não fazia, sempre acompanhada dos meus pequenos.

image

Espero que de pra perceber através das fotos que não precisamos de grandes planos, passeios ou atividades para ser feliz.

Beijo

Fabi

 

 

Marcado com: , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Cartas viraram moda…

PrintTumblrShare

http://romanticcottage.tumblr.com/post/75741869117

Ola queridos amigos do Clube da Carta…

Faz tempo ne?

Eu to sempre aqui, a lista também e as adesões continuam… o Clube anda tão redondinho ultimamente que eu acho desnecessário ficar dando instruções para voces através de posts mas acreditem, eu continuo aqui.

Hoje vim para contar que recebi no Facebook um link de uma pagina chamada Chá com Cartas, que basicamente é o que fazemos há tempos mas que foi divulgada pela mídia como uma novidade, assim como outro dia recebi e também vi no Fantástico a história da menininha que escreveu pra Rainha da Inglaterra e recebeu resposta.

Enfim, parece que nossa idéia tem ganhado força por ae, mais força ainda e que escrever cartas saiu mesmo do obsoleto e desnecessário para o interessante, cool e atual.

Não posso deixar de ficar contente por ter sido quase que uma pioneira nessa idéia por aqui e também por conseguir fazer o Clube perdurar por bastante tempo, sem perder sua essência, sem se corromper, sem se vender ou se alterar no seu principal propósito, aproximar pessoas distantes usando para isso nosso antigo método de comunicação, as românticas cartas escritas a mão.

Bom amigos, orgulho do nosso Clube, mais do que nunca. Acho que reportagens como essas e divulgações de outros sites, blogs e grupos nos dá ainda mais credibilidade e força.

Vamos que vamos, não desistam nunca!

Ah! fofoca, fiquei sabendo que algumas meninas, que se conheceram através do Clube vão se encontrar no nordeste no fim do ano, isso não é demais? É o Clube rompendo barreiras de tempo e localização! Aproximando amigos!

Beijos selados,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Clube da Carta

Pelos corredores…

PrintTumblrShare

http://www.liffeytruststudios.com/index.cfm?page=class&classid=201

Andando pelos corredores do Studio de dança cruzei uma muvuca de mulheres conversando e fui chamada pra ver um collant MARA. Pirei.

Dae que fiquei sabendo que vem novidade por ai. Nanda e Dedé criaram a Pade d e com ela prometem fazer roupas estilo coloquei pra ficar em casa mas posso muito bem sair pra qualquer lugar vestida assim, confortáveis e chics e o principal ROUPAS DE BALLET modernas e com um toque a mais para a NÓS mulheres, mães, independentes, jovens, lindas, leves… enfim, serão roupas com costuras estratégicas, maiores atrás para quem tem derriere avantajada, collants com uma espécie de cinta por dentro pra deixar a barriga no lugar e uma postura incrível, enfim, elas prometem!!!!!

Eu fiquei LOUQUINHA pra que aconteça logo, mas teremos que esperar ate setembro, quando finalmente teremos o lançamento. Vai ser um sucesso, claro!

Beijos,

Fabi

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Um pouco de tudo

Translation?

receba o Blog!

Receba Fabilandia por email!

Ou assine via RSS!

Donate

Fabi no Twitter

Fabi no Flickr


Fabi no Tumblr


Fabi no Pinterest